2008-01-21

Por terras do Juncal...

Domingo, 20 de Janeiro 2008

Manhã amena, o sol cedo começou a radiar fazendo adivinhar um dia magnifico para o pedalanço. E assim aconteceu!
Desta vez, o ponto de partida foi no Juncal, uma povoação próximo da serra de Aire e Candeeiros, estreia para nós (para mim e o Aurélio), o Pedro foi o nosso guia visto já conhecer a zona.
Pelo caminho na IC2/N1, foi um autentico festival de bikes em cima dos automóveis em desfile por essas estradas fora, que tal como nós teriam um destino para enfim rolar.
9.00 Lá começamos a dar ao pedal, ainda nem tinha dado para fazer o aquecimento levamos com a primeira de algumas subidas, mas como se costuma dizer “ depois de uma subida tem que haver uma descida” e assim foi uma verdadeira montanha russa. A diversidade de terreno é enorme, e contrariamente ao que estava á espera a lama não se fez notar muito pelos trilhos em que andamos.
Os trilhos por esta zona são magníficos, com single tracks de fazer vontade de voltar atrás para os fazer novamente… uns em campo aberto outros por dentro de densa vegetação onde só cabe mesmo a bike.
Fomos brindados com descidas onde a velocidade que se podia atingir era de arrepiar de tamanha adrenalina, mas depois lá está a subida para nos acalmar do excesso de adrenalina e fazer puxar por nós em mudanças á coelhinho.
Num dos pontos mais elevados do passeio tínhamos o chamado “Cruzeiro” um dos símbolos históricos do lugar onda a vista é espectacular.
Tivemos também a oportunidade de passar pela zona onde se descobriu existir petróleo, num vale muito próximo de Aljubarrota.
Chegados a Aljubarrota e devido ao estado avançado da hora decidimos ir por estrada até ao Juncal.

Um passeio sem duvida a repetir.
Fotos não há, mas para a próxima fica a promessa que paramos, para tirar umas fotografias!

Uma boa semana a todos!!

Relatos de Miguel João (migX)
2008.01.21
Reacção:

0 comentários:

Enviar um comentário

Mensagens populares